BEM VINDAS

QUEM GOSTA DE MAMAS

domingo, dezembro 29

Pagar ou morrer...



Venho por este meio até ti, não tenhas medo que mal não te faço, apenas venho cobrar aquilo que me deves, ou vice-verso. Sei que aquilo  que tens pago já ultrapassou a divida que te pedi, mas divida é divida, e agora está na hora da cobrança, seja às claras ou no escuro, seja de manha, tarde ou noite, é fatal e impiedoso o meu método de cobrança.

Devo-te dividendos que usufrui em momentos, e também sei que é de acordo mutuo  o acerto de contas, não vamos olhar a meios e quando me encontrares, possui-me, devora-me da maneira que te sacies em vida as promessas que fizemos, cobra não deixes ficar nada ao acaso e esbanja o resto que tens para dar, mesmo que ainda te fique em divida para contigo, factura que iremos cumprir o acordo que assumimos quando pedi emprestado.

Porém, os juros são altos, a distância nos limita aos nosso intentos, mas é a colheita da vida, os frutos do amor correspondido, da resistência apesar das dificuldades, da coragem de sermos amantes.

Pode vir exigir o capital com juros de mora, mas não esperes pela demora de eu te cobrar também a moeda de troca corporal, a mesma que tu tanto ansiosamente procuras.

Não vou esperar muito mais, é o tempo da cobrança, o tempo escoa e o resto que temos, temos aproveitar e na totalidade dos momentos que tivermos, vamos pagar da forma mais sublime e entrega que nos der na veia ou na gana, não mais te prendas por traumas do passado e vem, vem cobrar cada cêntimo das promessas que te fiz.

Os resíduos do teu secreto ser, o joio que extraíste das jóias não usadas, o cofre (coração) onde por décadas guardaste teus segredos mórbidos, fraquezas, faltas de audácia, os talentos que não usaste no teu colchão onde dormias todos os dias, os pregões que amealhaste por não teres ter sido tu, davas a cara de honra aos transeuntes, mesmo que no teu ser fosse mais uma que deveria ter cobrado e não o fizeste, vem agora e cobra tudo, faço questão de te pagar até ao ultimo cêntimo.

Quero o teu outro lado, seja às clara ou ás escuras, porque aquele outro teu lado que te manteve sempre viva, não tenhas medo, vem cobrar a tua divida porque a ordem do dia é pagar ou morrer...

by mghorta





De Gif's adultos


Sem comentários:

VOLTE DE NOVO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...